slideshow

nerd girl

Dicas

Dicas pra conservar seus livros e tirar manchas amarelas

Leia o post

nerd girl

Resenha

Resenha: Como eu era antes de você

Leia o post

nerd girl

Resenhas

Resenha: Caixa de Pássaros

Leia o post

nerd girl

Dicas

7 motivos para você ler Jogos Vorazes

Leia o post

Páginas

Resenha: A menina mais fria de Coldtown- Holly Black

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

 A Menina Mais Fria de Coldtown
Autora: Holly Black
Editora: Novo Conceito 
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 382 
Sinopse: No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair.Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown. A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio. 

COLDTOWN ERA PERIGOSA.
TANA SABIA DISSO.
UMA JAULA CHEIA DE GLAMOUR
UMA PRISÃO PARA OS AMALDIÇOADOS
E PARA TODOS OS OUTROS
 QUE DESEJARAM SE JUNTAR A ELES

Tudo começa quando Tana acorda numa banheira em uma festa e não lembra nada do dia anterior,a medida que ela desce as escadas percebe que a casa foi atacada por um vampiro, ou vários deles, e todos seus amigos estão mortos. Tomada pelo medo que os vampiros voltem, ela vai para o quarto de hospedes pra pegar suas coisas pra ir embora do local e descobre o seu ex-namorado Aidan, que foi mordido e preso na cama e um vampiro desconhecido acorrentado no quarto, ela consegue solta-los, no meio da fuga é mordida na perna por um vampiro que a descobriu no quarto. Acreditando que também está resfriada, Tana pega o seu carro e os três vão para Coldtown, pois é o único jeito de se salvarem. No  caminho conhecem dois irmãos gêmeos, a garota chamada Midnight e o irmão Winter, os dois querem carona para chegar lá também.

O resfriado é como se fosse a resposta do organismo a mordida, a pessoa resfriada fica fora de si, começa a desejar sangue, e é preciso trancafia-la em algum lugar sozinha, até 88 dias sem deixar ter contado com sangue para voltar a ser humano, caso beba sangue, se torna um vampiro. Eu particularmente não gosto de vampiros mas isso não signifique que não tenha gostado do livro, a ideia da autora de criar um lugar para eles me chamou atenção.

As Coldtowns são cidades feitas de muralhas para prender todos os vampiros e todos os humanos que queiram se juntar a eles, cenas de festas são transmitidas cenas ao vivo como um reality show na internet, uma vez lá dentro, não é possível sair nunca mais. A menos que você tenha um sinalizador, que é obtido como recompensa caso capture algum vampiro.

O livro é narrado em terceira pessoa, os capítulos são alternados entre o passado e presente, os capítulos do passado eu tive que ler mais de uma vez pra entender o que aconteceu lá atrás e a historia só me prendeu realmente quando eles já tinham entrado em Coldtown. 

Percebi que a maioria dos adolescentes e adultos, ansiavam se tornar vampiros, por um único motivo: não iriam envelhecer e teriam a vida eterna. Como já falei, ocorriam com frequência festas que eram transmitidas pela internet, iludindo quem estava assistindo a pensar que a vida lá dentro era muito melhor, lendo descobrimos que não é nada disso, vidas são tratadas como lixo, como se não valessem nada,humanos e vampiros são mortos todos os dias sem dó e sem piedade.

 Tana se mostrou corajosa o bastante e conseguiu manter o controle sobre o pânico e o medo desde do inicio visto que ela já tem uma historia com a mãe, que ficou infectada e presa no porão de casa. O Gavriel me chamou atenção por ser misterioso e completamente insano, só sabemos como ele foi parar naquele quarto amarrado em seu  passado que vai se encaixando ao decorrer da historia, ele já sofreu  bastante e eu o considero louco e impressível, sem duvida foi o meu personagem favorito, Aidan me irritou muito, quase prejudicou Tana o livro todo, mas no final acabei indo com a cara dele. E o que dizer dos gêmeos? Midnight é obcecada por vampiros e quer se tornar uma, os atos dela me fez a odiar (não falarei o motivo pois seria spoiler) e Winter é um irmão protetor, os dois fugiram de casa pra realizar o sonho de se tornarem vampiros e deixar a vida sem graça que tinham.

A editora fez um trabalho legal nas paginas que são amareladas, possuem manchas como se fossem de sangue. Não atrapalhou a leitura em momento algum, em cada capitulo tem uma frase referindo a morte.


Eu criei bastante expectativas e o livro não me decepcionou, a historia conseguiu me prender, mas o final não foi o que eu esperava, o livro acabou em uma parte que eu considero que precise de continuação. Eu recomendo pra quem gosta de vampirismo. Foi a minha primeira experiencia com vampiros, nunca tinha lido nada do tipo, mas me fez perder um pouco o preconceito de historias sobre eles.
Essa é a minha primeira resenha literária, eu tentarei melhorar a cada resenha que eu escrever!

12 comentários:

  1. OMG eu to lendo esse livro <3

    garotoliterariio.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eba! quando acabar faz uma resenha pra eu ler sua opinião =)

      Excluir
  2. Não tenho muito interesse por esse livro, apesar de eu ter conseguido o ebook dele... Fico meio confusa ao saber do que se trata o livro :p

    http://my-lifeasabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii! Você foi indicada para responder à TAG "10 Perguntas Literárias"

    https://jardimdeletras.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Boa noite! Gostei da resenha do livro, mas tenho medo que acabe se tornando um livro parecido com Crepúsculo (livro ao qual não gostei). Adora o tema "vampiros", mas parece que após a febre, ficou meio desgastado. Espero não me decepcionar, assim como você.

    http://ninhodecorvo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite! obrigada flor. Quando li a sinopse também fiquei com medo..mas ai eu vi que não era nada parecido, se joga!

      Excluir
  5. Não costumo ler muito livro de vampiro, mas achei esse bem interessante. Tem uns finais que são um balde de água fria, né? Um final mal escrito acaba com muitas histórias boas. Vou tentar ler o livro quando eu tiver oportunidade, talvez ele acabe com meus preconceitos também!

    Beijos

    http://sozinhanabiblioteca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não costumo, mas o final eu fiquei tipo wtf? Dizem que vão ter continuação, espero que sim
      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Luciana, tudo bem?
    Esse livro está na minha lista de leitura a um bom tempo,
    e eu estou só protelando rsrs
    Já li muitos comentários a respeito do final desse livro, muita gente diz
    que não foi bom, e que realmente precisa de uma continuação... Ainda bem
    que não foi de todo decepcionante né?


    Beijos!
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá,tudo sim!! ele realmente precisa de uma continuação, e pra mim não foi tão decepcionante
    xoxo

    ResponderExcluir